3% OFF VIA PX
A Importância do Papel Sustentável
elemento de marca ciano

O Papel e seus Papéis.

Falar sobre este assunto é algo encantador para nós, visto que ele é um dos elementos fundamentais do nosso trabalho.

A definição do tipo adequado para a proposta do impresso é essencial para que a proposta do projeto seja cumprida.

Abaixo você encontrará as especificações de cada tipo, assim como suas principais aplicações, afim de auxiliar na escolha do modelo que mais se encaixa com sua ideia.

Qual papel utilizar no meu impresso?

Em nosso dia a dia, utilizamos os mais diversos papéis para produzir livros, revistas, encartes, papelaria corporativa ou material promocional.

Os principais papéis do nosso dia a dia são:

É o mais comum em livros, apostilas, cadernos, agendas, fichas, blocos de controle, cartazes, entre outros.

Sua característica é ter uma textura áspera e principalmente ser macroporoso. Essa última é a responsável por dar ao papel uma absorção maior de tinta, por isso, quando impresso o aspecto é de opacidade, com cores “lavadas”.

Podem ser encontrados entre as gramaturas: 45g/m² até 300g/m².

Este tipo nasceu para os livros, tem por característica uma tonalidade off white, que proporciona ao leitor uma experiência sensorial de leitura mais longa e agradável.

Ele é utilizado principalmente para impressão das páginas internas do livro. Sua tonalidade amarelada absorve parte da luz do ambiente, diferente dos papéis brancos, evitando a fadiga na visão do leitor.

Podem ser encontrados entre as gramaturas: 70g/m² e 80g/m².

Conheça mais sobre o pólen natural no site oficial.

Este por natureza tem o brilho, um aspecto liso e uma impressão mais viva, por conta de seu revestimento composto por carbono de cálcio, caulin, látex, que protegem as fibras. Esse tratamento causa uma absorção menor da tinta.

Possui opção de superfície fosca conhecida como “matte”, utilizado em catálogos e revistas de design, moda, decoração, entre outros.

Esse papel, tem uma característica técnica que define se ele possuirá o revestimento de proteção em apenas um lado (L1) ou o revestimento em ambos os lados (L2).

Couché L1, com gramaturas maiores, são utilizados para embalagens e pastas para proteção de documentos, onde não haverá impressão em ambos os lados. 

Também pode ser utilizado na produção de postais, onde o verso terá impressão direta na fibra, sendo possível a escrita por caneta.

Couché L2, tem sua camada de proteção aplicada em ambos os lados, sendo utilizado na produção de capas para livros, revistas, catálogos, pastas, flyers, folders, marcadores de página, cartões de visita e postais.

Podem ser encontrados entre as gramaturas: 70g/m² até 300g/m².

O cartão duplex tem como característica o verso em cor parda, uma vez que suas fibras não passaram por um processo de branqueamento nessa face.

Neste há duas camadas, uma com fibras de papel em seu formato puro, não branqueado, e outra as fibras branqueadas e revestidas para a recepção da tinta de impressão.

Este é excelente para impressos onde há uma necessidade de maior firmeza e rigidez, podendo ser utilizado em base de calendários de parede com folhinhas, embalagens e caixas.

Podem ser encontrados entre as gramaturas: 180g/m² até 356g/m².

Muito parecido com o duplex, o papel cartão triplex tem uma camada a mais de fibras. Sua fabricação é composta por duas camadas de celulose branca, e o miolo com uma camada pré-branqueada.

Olhando este papel, ele se assemelha muito ao papel couché, porém quando comparamos sua flexibilidade, o percebemos mais rígido, perfeito para produções de embalagens, capas para livros, cartões de visita e caixas.

Assim como o couché, o cartão triplex também possui a possibilidade de ser revestido em um lado (C1S), ou ambos os lados (C2S). 

Esse revestimento vai proporcionar proteção às fibras e uma impressão com menos absorção de tinta e maior vivacidade na impressão.

Podem ser encontrados entre as gramaturas: 225g/m² até 400g/m².

A aplicação de adesivo pode nos proporcionar os mais diversos usos. Em uma escala inicial, de papéis adesivos para ilustrar setores em um caderno à etiquetas para uso em locais úmidos e irregulares.

O Adesivo, é definido pelo tipo de cola e quantidade de cola conforme a sua aplicação/uso. Atualmente, pode ser encontrado com colas acrílicas, hotmelt ou emborrachadas.

É importante que, durante a negociação, sejam apresentadas claras explicações de uso deste material, para que seja feita uma correta indicação na elaboração do orçamento.

Podem ser encontrados a partir da gramatura: 90g/m²

Aqui, citamos os principais tipos de papéis utilizados no mercado para as mais diversas aplicações.

Não podemos deixar de pontuar que existem mais opções como os papéis especiais, sintéticos e papelões, que trazem texturas, cores, e gramaturas variadas com uma gama maior de aplicações para produções de embalagens ou produtos decorativos.

Alguns tipos de papéis podem conter gramaturas diferentes, dependendo do fabricante. 

Nesses casos são papéis menos utilizados no dia a dia e muitas vezes dependem da disponibilidade de estoque ou compras em lotes fechados.

Fique ligado em nossas redes sociais e saiba mais sobre este assunto.

Leia mais sobre outros assuntos...